.

.

Transformadores

.

Post 129

.

.

Postado:

Fonte:

05/08/22

Somos Diversidade

.

Comecei minha vida profissional como psicóloga da Universidade de Brasília, em 2003, quando também iniciei meu Mestrado. Em 2004 dei aula de Psicologia Social na própria universidade, como parte do estágio docente. Em 2005 fui contratada para dar aulas em uma faculdade particular de Brasília, concomitantemente ao meu trabalho como psicóloga. Em 2015 pedi redistribuição para a Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde trabalhei como psicóloga, e em 2016 passei no concurso público para ser professora de Psicologia do Instituto Federal do Rio de Janeiro. Pós-Doutora pela Escola Superior de Ciências Sociais da Fundação Getúlio Vargas e seu foco de produção é pesquisa e aulas nas áreas de saúde do trabalhador, gestão da diversidade, trabalho, identidade social e movimentos sociais, com ênfase em gênero e feminismos, orerientação sexual e cor/raça. Quais as maiores conquistas e os maiores desafios em sua vida/carreira? A minha formação acadêmica toda, até o pós-doutorado. O meu trabalho como primeira gestora do Sistema de Cotas para Negras e Negros da Universidade de Brasília. A minha posse como professora de um Instituto Federal. Ser uma pessoa trans foi dificultador ou não teve importância nesta sua trajetória? A transfobia dificultou extremamente a minha passagem por seleções docentes. Cheguei a ser reprovada em concursos em cuja bibliografia constava textos de minha autoria. Para as pessoas e profissionais trans, que recado você deixaria? Respirem fundo, porque a transfobia é cruel, porém é vista com naturalidade pela maioria das pessoas. Precisamos portanto ter consciência de nossos direitos, sempre nos valorizar e lutar muito para sermos reconhecidas além do preconceito. Para a sociedade, qual recado você deixaria? Conviva com pessoas trans. Leia, ouça, veja e converse mais com pessoas trans. Empregue pessoas trans. Ame pessoas trans. INSTAGRAM FACEBOOK



Compartilhar esta página
 

  • Whatsapp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn


Conteúdo relacionado
 

.

.