.

.

Transformadores

.

Post 83

.

.

Postado:

Fonte:

05/08/22

Somos Diversidade

.

Sou palestrante sobre gênero, ex-dançarina e arquivista. Estágiei por 4 anos antes da transição no hospital evangélico da Bahia, era instrutora de dança em escolas e acadêmica, atualmente dou palestras sobre gênero em escolas faculdades câmera de vereadores etc. Quais as maiores conquistas e os maiores desafios em sua vida/carreira? Maior conquista foi estar ocupando uma cadeira no fórum de mulheres de Lauro e ser á primeira mulher trans da Bahia á está no núcleo AMB articulação de mulheres brasileiras sendo a primeira mulher trans do Brasil a está na linha de frente da AMB Bahia , desafio foi algumas portas ter de fechado para emprego. Ser uma pessoa trans foi dificultador ou não teve importância nesta sua trajetória? Ser uma mulher trans no país que mais se mata pessoas trans ainda vivendo em comunidade foi difícil mais com muitas lutas fui dando a cara a tapas inclusive falando na câmera de vereadoras da cidade sobre ter me prostituído fora do Brasil para sobreviver. Para as pessoas e profissionais trans, que recado você deixaria? Que nossa resistência seja nosso maior sonho e que jamais tenhamos medo de seguir de cabeça erguida seja no mercado de trabalho faculdade ou vida social. Para a sociedade, qual recado você deixaria? Fazemos parte da sociedade pagando impostos construindo famílias quê queremos respeito dignidade que possamos passar á estatística dos 35 anos vivas e vivos. Empregabilidade já para mulheres trans/travesti e homens trans que a prostituição seja opcional não a única maneira de muitas de nós sobreviver. INSTAGRAM Video de minha trajetória



Compartilhar esta página
 

  • Whatsapp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn


Conteúdo relacionado
 

.

.