.

.

Transformadores

.

Post 161

.

.

Postado:

Fonte:

05/08/22

Somos Diversidade

.

Sou pós graduada em administração pública e funcionária pública municipal. Até os 42 anos fui menino gay, cisgênero e tive muitos privilégios como estudar sem bullying, que infelizmente muitas de nós sofrem ainda, e consegui ser aprovada em concurso público, onde estou há 10 anos. Minha transição tem apenas 4 meses desde então mostro que minha capacidade profissional independe do gênero que me identifico. Quais as maiores conquistas e os maiores desafios em sua vida/carreira? Crescer profissionalmente. Não vejo trans em cargos de chefia e me sinto totalmente preparada para alçar vôos mais altos. Tenho experiência e estudos, mas infelizmente há ausência de oportunidades. Ser uma pessoa trans foi dificultador ou não teve importância nesta sua trajetória? Minha transição tem apenas 4 meses, então não influenciou na minha trajetória. Mas hoje vejo o preconceito como dificultador sim. Para as pessoas e profissionais trans, que recado você deixaria? Estudem, se preparem, é possível vencer o preconceito e se realizar profissionalmente. Para a sociedade, qual recado você deixaria? Ser trans é ser igual a qualquer outra pessoa, a diferença é que nos tornamos mais fortes pra vencer os obstáculos sociais. Exigimos respeito e igualdade de direitos. INSTAGRAM



Compartilhar esta página
 

  • Whatsapp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn


Conteúdo relacionado
 

.

.