.

.

Transformadores

.

Post 20

.

.

Postado:

Fonte:

05/08/22

Somos Diversidade

.

Me formo agora em Dezembro/2020 no curso de administração de empresas e atualmente trabalho como Customer Service especialist.  Desde nova sempre fui muito independente, quando estava no ensino médio tive meu primeiro emprego numa rede de fast food americana e foi ali que descobri minha paixão por trabalhar com atendimento ao cliente. Após minha saída da rede de fast food iniciei uma jornada no mundo dos call-centers ( na época era uma das poucas áreas que aceitavam pessoas trans), pra quem já trabalhou em call center sabe o quanto é desafiador, o volume alto de ligações e nem sempre te ligam para falar coisas agradáveis , ter apenas minutos para solucionar problemas e manter a qualidade no atendimento… ali consegui aprender muito sobre empatia, resiliência e sentir o quanto é gratificante conseguir solucionar um problema e ver o cliente feliz. Após inúmeras tentativas de crescimento e início da faculdade vi que era hora de voar, conhecer novos horizontes e desafios, foi aí que então vi uma vaga de estágio na Transempregos para trabalhar na maior empresa química do mundo, confesso que no primeiro momento fiquei insegura e pensei que não daria certo mas com muito esforço consegui esta vaga e posso afirmar mudou minha vida, eu aprendi muito sobre um mundo corporativo que eu nem imagina que existia, usar ferramentas de última geração, aprendi até mesmo muito mais sobre militar pelas minorias foi como se eu tivesse renascido, logo após o término do meu contrato de estágio passei a trabalhar numa casa de aromas e fragrâncias uma nova experiência, trabalhei numa área que eu nem imagina existir “suporte ao desenvolvimento de fragrância” foram apenas poucos meses mas de muito aprendizado e logo apareceu a empresa que estou hoje a realização de um sonho, trabalho numa empresa que sempre admirei e fazendo o que eu mais amo… dando suporte aos nossos clientes solucionando seus problemas, tive um amadurecimento muito nítido profissionalmente eu me desenvolvo todos os dias, é uma empresa que acreditou no meu trabalho e estamos tendo bons resultados disto e o melhor eu tenho total apoio e liberdade de ser quem eu realmente sou e poder falar abertamente sobre isto. Quais as maiores conquistas e os maiores desafios em sua vida/carreira? A vida por si só são feitas de desafios mas quando você é uma Mulher, Trans e negra esses desafios se triplicam mas tenho alguns que me marcaram muito por exemplo na escola apanhei quase todos os dias e junto de diversos apelidos maldosos, já com 18 anos entrei para faculdade na qual eu não consegui terminar pois fui chamada a direção e pediram para eu utilizar apenas o banheiro de deficientes como eu estava em processo de transição disseram que as pessoas não se sentiam confortáveis comigo nem no banheiro masculino nem no feminino aquilo foi um momento de tanta exclusão que eu não fui capaz de seguir com meu curso. Voltando para o lado profissional sempre foi muito desafiador já sai no meio de entrevista de emprego por entrar em pânico quando chamavam meu nome de batismo aquilo me cortava por dentro, faltas de oportunidades, por mais que eu fosse uma boa profissional e mostrasse isso sinto que não tinham coragem de dar um cargo staff para uma pessoa trans… Hoje muita coisa tem mudado, muitas empresas defendem a diversidade mas nem todes estamos salvos da transfobia já com 24 anos entrei numa empresa no qual falei que era uma pessoa trans desde o primeiro momento na entrevista, mas infelizmente, posso até estar enganada eu senti certa perseguição por uma gestora, no qual a mesma pediu para que eu não falasse que era trans para pessoas de outras equipes pois isto geraria muitos comentários, tudo o que eu fazia era ruim até minhas roupas não faziam o agrado desta pessoa mas passado é passado… Hoje graças a Deus tenho conquistado muita coisa minha faculdade, meu emprego, minha independência financeira, independência emocional, minha casa, minha família, minha identidade e muito orgulho de ser quem eu sou, são minhas maiores conquistas. Ser uma pessoa trans foi dificultador ou não teve importância nesta sua trajetória? Sim, foi complicado por vários desafios conforme alguns que mencionei no texto acima, mas essas dificuldades me fortaleceram para ser quem eu sou hoje, mas não posso dizer que sou grata pelos desafios, pois seria crueldade, não precisamos passar por tanto para simplesmente sermos quem somos. Para as pessoas e profissionais trans, que recado você deixaria? Meu amor você é incrivelmente incrível, não desista dos seus sonhos, lute por eles aos poucos vamos conseguir tomar nosso espaço. Para a sociedade, qual recado você deixaria? Se cada um cuidar da sua vida e aprender a respeitar o próximo acredito que já seria um bom começo, mas se tu gosta de cuidar da vida alheia vamos cuidar de quem passa fome, está sem teto e sem emprego. Abra sua mente. INSTAGRAM LINKEDIN FACEBOOK



Compartilhar esta página
 

  • Whatsapp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn


Conteúdo relacionado
 

.

.