.

.

Transformadores

.

Post 69

.

.

Postado:

Fonte:

05/08/22

Somos Diversidade

.

Doutorado em Letras, professora de literatura. Sou professora há 3 anos de um dos cursinhos mais importantes do país, o Descomplica, cursinho todo online, já tendo tido aulas com 4 mil alunos ao vivo acompanhando. Fora isso, sou escritora, crítica literária e tenho viajado o país para falar de literatura de uma perspectiva feminista, LGBT e de trabalhadoras sexuais. Quais as maiores conquistas e os maiores desafios em sua vida/carreira? Voltar às salas de aula como professora e publicar meu primeiro livro, “E se eu fosse puta” (2016) Ser uma pessoa trans foi dificultador ou não teve importância nesta sua trajetória? A projeção pelas redes sociais acabou ajudando a diminuir o peso do estigma, mas ainda assim sinto que vivo na corda bamba, a qualquer momento minhas conquistas podendo ser revertidas por conta de eu ser quem sou Para as pessoas e profissionais trans, que recado você deixaria? Vamos fortalecer nossas redes, porque a transformação vai começar de dentro, de nós. Quando nós começamos a reconhecer e valorizar nosso potencial, o restante do mundo vai tendo que aprender a nos valorizar e reconhecer também! Para a sociedade, qual recado você deixaria? Demorou para perceberem a nossa força, a nossa potência, mas esse é um caminho sem volta… estamos aos poucos chegando e é bom que se acostumem a viver numa sociedade que também terá que ser nossa. INSTAGRAM FACEBOOK



Compartilhar esta página
 

  • Whatsapp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn


Conteúdo relacionado
 

.

.